REALIZAÇÃO:Bit Partner | DIREÇÃO:Sidney Cohen

Inteligência Artificial, uma Nova Era

Prof ª. Karla Figueiredo - Puc-Rio e Uerj

Enfim estamos vivenciando uma nova Era. Na transformação da ficção em realidade, a Inteligência Artificial (IA) é uma das responsáveis para esse processo. Hoje já é possível perceber essa mudança no mercado e o que é melhor, no nosso dia a dia. As empresas já usam robôs que trabalham de forma autônoma, ele só precisa ser ensinando uma vez para realizar a tarefa.

Para muitos, a preocupação do uso da Inteligência Artificial em substituir as pessoas é alta, mas são inquestionáveis as suas vantagens em várias áreas. Um bom exemplo é a área da saúde, além de minimizar o esforço de tarefas rotineiras e a agilidade das informações, com maior assertividade, contribuem para um melhor diagnóstico, proporcionando ao médico mais tempo para interagir com o paciente.

Quanto aos negócios, um estudo realizado pela empresa de consultoria A.T. Kearney aponta que a indústria global investiu mais de US$ 2,5 bilhões nesta área entre 2014 e 2017. Alguns fatores contribuíram para o desenvolvimento, dentre eles a grande demanda de alunos da área de tecnologia, que motivaram as universidades a criarem novos programas. As universidades brasileiras também estão percebendo esse movimento, conforme sinaliza em entrevista nesta edição, Karla Figueiredo, professora da Puc-Rio e da UERJ, em Inteligência Computacional Aplicada, que destaca os efeitos da Inteligência Artificial, também nos Pequenos Negócios.

 

Bastidores

  • Segundo o Comite Gestor do eSocial, o ingresso  de produtores rurais,  pessoa física e segurados especiais ao sistema foi prorrogado para janeiro de 2019.
  • Estudo realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) aponta o impacto da indústria 4.0 no mercado de trabalho. A quarta revolução industrial, determinada pelas tecnologias digitais, como Internet das Coisas (IoT), Big Data e Inteligência Artificial (IA),  é a responsável direta pelo surgimento de novas profissões, com destaque para: mecânico de veículos híbridos e mecânico de telemetria (automotivo); técnico em impressão de alimentos (alimentos e bebidas); engenheiro em fibras têxteis (têxtil e vestuário); engenheiro de cibersegurança especialista em big data (tecnologia da informação); projetista para tecnologias 3D (máquinas e ferramentas); técnico em automação predial (construção civil); técnico especialista no desenvolvimento de produtos poliméricos (química e petroquímica); e especialista para recuperação avançada de petróleo (petróleo e gás).
  • Um levantamento realizado pela Federação Internacional de Robótica (IFR, sigla em inglês) divulgado recentemente, sinaliza que em 2017 foram comercializados 381 mil robôs industriais no mundo; um aumento de 30% em relação ao ano anterior. Pelas projeções da IFR, em 2020, o mercado global contará com mais de 3 milhões de unidades.
  • Um estudo realizado pela empresa LCA Consultores a partir de microdados da pesquisa domiciliar do IBGE aponta que a quantidade de empregadores sem CNPJ cresceu 51% em dois anos. Hoje o mercado conta com 897 mil pessoas e emprega 1,87 milhão de pessoas. As atividades da construção (78 mil), alimentação (40 mil) e comércio (37 mil) são as que se destacam. Segundo a pesquisa,  o empregador informal tem rendimento médio mensal de R$ 3.056,00. Já o rendimento do empregador formal é praticamente o dobro, R$ 6.263,00. O informal possui em média 46 anos e dois funcionários.

     

Novos Desafios

  • Heron Domingues ingressa na Rede Ímpar como Gerente de Projetos.
  • Felipe Perez é o novo Coordenador de Gestão de Processos da B2W Digital.

Dados Impressionantes

  • As exportações brasileiras de serviços somaram US$ 29,8 bilhões em 2017, registrando um crescimento de 60% em relação a 2016. Segundo levantamento divulgado pela Secretaria de Comércio e Serviços do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Os serviços auxiliares ao setor financeiro foram os principais responsáveis com exportações de US$ 9,7 bilhões, seguido por serviços profissionais com US$ 5,9 bilhões (19,8%) e os de tecnologia da informação, com vendas que somaram US$ 2,1 bilhões (7%).
  • De acordo com a Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), o Brasil possui 1,3 milhão de profissionais da costura, cerca de 90% são mulheres e 78% possuem, apenas, o ensino fundamental. A categoria movimenta por ano R$ 4,5 bilhões, o que representa 5% do faturamento total do setor de vestuário em geral, que ultrapassa R$ 90 bilhões.
  • Estudo divulgado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua), o país conta com 7,4 milhões de pessoas que realizam trabalhos voluntários.  Desse total, 62,1% são mulheres, 57,6% têm algum tipo de ocupação e 8,1% das pessoas têm ensino superior completo e fazem algum tipo de trabalho voluntário. As áreas da saúde, educação e promoção cultural possuem grande participação dos voluntários, para suprir a falha do Estado, segundo o estudo.
  • Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as pequenas empresas do setor expandiram seus negócios para atender o mercado no interior do país. Elas  cresceram  66% nos últimos três anos e possuem mais de 6,6 milhões de clientes. Cerca de 1.500 ‘miniteles’, como são chamadas, representam 23,5% do segmento de banda larga.

 

 

Agenda

  • 21 e 22 de Agosto - São Paulo - SP
    Congresso Aço Brasil
    Local: Hotel Transamérica
  • 30 de Agosto a 1 de Setembro  – São Paulo -SP
    18ª. IHRSA FITNESS BRASIL – Encontro de Líderes do Fitness
    Local: Transamerica Expo Center

Entrevista

Esta coluna é destinada a entrevistas com especialistas, gestores, executivos e empresários de destaque.

Segue abaixo a entrevista da Prof ª. Karla Figueiredo.

 

PME NEWS - O que é Inteligência Artificial?

Karla Figueiredo

A Inteligência Artificial (IA) é uma área da pesquisa da Ciência da Computação que, mais recentemente, teve seu uso intensificado na solução de problemas em empresas públicas e privadas.  A IA deu seus primeiros passos após a segunda guerra mundial com Alan Turing, entre outros, como o pesquisador John McCarthy, que foi quem cunhou o nome da área.

A Inteligência Artificial está relacionada ao desenvolvimento de métodos e modelos que são inspirados na biologia e no comportamento inteligente do ser humano, tais como sua capacidade de associar, inferir, generalizar, adaptar, raciocinar e, principalmente, aprender.

 

PME NEWS - Em que áreas a Inteligência Artificial está presente?

Karla Figueiredo

Ela pode estar presente em praticamente todas as áreas: Arte, Astronomia, em todos os ramos da Engenharia, Direito, Música, Medicina, Economia, Administração, Finanças, dentre outras.

 

PME NEWS - Quais os benefícios do uso da IA para os negócios?

Karla Figueiredo

Muitos podem ser os benefícios ao se aplicar IA nas empresas e nos negócios. Há inúmeros exemplos:  otimizar recursos, tarefas ou produtos, previsão e inferência de valores de qualquer natureza, diagnóstico de problemas elétricos, mecânicos, cardíacos, neurológicos,  agrícolas, etc.

 

PME NEWS - A Inteligência Artificial é acessível aos Pequenos Negócios?

Karla Figueiredo

A Inteligência Artificial cabe em qualquer negócio. Recentemente foi sancionada a Lei 13.674/18: "que autoriza empresas de tecnologia da informação e comunicação a receberem isenções tributárias caso invistam em atividade de pesquisa, desenvolvimento e inovação". Isso deverá gerar novas oportunidades.

 

PME NEWS - Quais os principais riscos e temores na utilização da Inteligência Artificial?

Karla Figueiredo

Normalmente, a ficção científica explora diversas situações em que a IA e a robótica (que estão andando cada vez mais juntas) causam prejuízos ou malefícios às pessoas ou ao planeta. No entanto, muitas invenções que o homem já criou antes podem ser mal aplicadas. Assim, não vejo o problema na IA e sim no seu mau uso. Do ponto de vista da empregabilidade, a IA deverá auxiliar os profissionais na tomada de decisão em todas as áreas. Os profissionais que já estão no mercado devem atualizar-se para usar os recursos e funcionalidades oferecidas pelos sistemas, aplicativos e pela automatização inteligente.

A Inteligência Artificial proporciona um maior apoio de sistemas que nos ajudam em muitas atividades que antes dependiam apenas do conhecimento e da memória humana. Os recursos da robótica já estão sendo utilizados em condições de trabalho perigosas, insalubres ou mesmo desagradáveis. Nesse caso, o objetivo é a intensificação de seu uso a partir da associação da inteligência a esses dispositivos.

 

PME NEWS - Como a Inteligência Artificial pode ser aplicada na sala de aula? Já há formação acadêmica especifica em Inteligência Artificial?

Karla Figueiredo

Diversas instituições no mundo fazem uso de IA em sala de aula, inclusive na graduação.

Como professora da PUC-Rio e UERJ, ministro disciplinas nessa área, e os alunos têm mostrado interesse crescente. Já há disciplinas obrigatórias e eletivas inseridas nos currículos de graduação. O grupo de pesquisa (LIRA) ao qual pertenço na PUC-Rio desenvolve pesquisa e solução de problemas para diversas empresas utilizando IA. Em todos os projetos inserimos alunos de graduação e pós-graduação como mão de obra efetiva.

 

PME NEWS - Qual será o perfil do profissional do futuro?

Karla Figueiredo

O profissional da área de IA já está sendo demandado pelo mercado. Ele deverá ter bons conhecimentos de Probabilidade e Estatística, Data Mining e Machine Learning.

Pense Nisso

“A Inteligência Artificial proporciona um maior apoio de sistemas que nos ajudam em muitas atividades que antes dependiam apenas do conhecimento e da memória humana”.

 

Karla Figueiredo

Seja bem-vindo. Cadastre-se ou faça o login para ter acesso a todas edições.

Assinante, faça seu login abaixo: