Postado por: Sidney Cohen

Personalização: o diferencial que agrega VALOR



Sidney Cohen
Palestrante.
CEO da
Bit Partner Consultoria Empresarial.
CEO do
PME NEWS.

Desde que o mercado passou a entender que o cliente é o centro das atenções e não os seus produtos/serviços, o diferencial deixou de ser o precinho e o prazão, a promoção, ou até mesmo, cobrir o valor da concorrência. O valor deixou de ser financeiro e passou a ser o que realmente atende a necessidade do cliente. E melhor, se atender, ele está disposto a pagar a mais por isso.

Empresas de diversos setores como moda, veículos e viagens, são algumas que já fornecem produtos personalizados, visando atender um público-alvo e até mesmo, customiza produtos e serviços, adaptando 100% ao gosto do cliente.

No ramo da moda, por exemplo, com a produção em série é comum ver pessoas na rua ou até no ambiente de trabalho usando roupas de modelo e cor da mesma loja. A customização nesse caso é uma opção muito convidativa. A internet dá a sua contribuição. Com apenas alguns cliques é possível comprar uma roupa do jeito que você imagina. Por exemplo, no caso de uma camisa, o usuário pode criar sua própria estampa enviar uma imagem do computador ou celular para ser impresso no tipo de tecido de sua escolha e ainda tem o conforto de receber em casa a mercadoria. Para a confecção também é vantajoso, pois não há problema com o estoque e melhor, garante a satisfação do cliente potencializando a sua fidelização.

Um bom exemplo também é praticado na área de treinamento corporativo, através do treinamento personalizado. O formato EAD (Ensino a distância) tem sido uma boa alternativa. O treinamento pode ser feito na hora de melhor conveniência do colaborador e com módulos direcionado no que realmente precisa ser focado. Assim se ganha tempo e produtividade.

A personalização contribuirá também as PMEs a atenderem  o Mundo 4.0. Segundo o Sebrae, até 2022, o Brasil terá cerca de 17,7 milhões de pequenos negócios, contabilizando mais de um milhão de novos empreendimentos por ano. E uma das responsáveis será a Indústria 4.0, conhecida como a Quarta Revolução Industrial, sob forte impacto do avanço da tecnologia na indústria. Segundo o estudo “O Futuro Impulsionado pelos Dados das Indústrias Brasileiras", o primeiro com foco na América Latina, recentemente lançado pela Software.org, aponta que 38% das pequenas e médias vislumbram melhorias na qualidade de seus produtos e serviços, e 24% têm a perspectiva de que a transformação digital ajudará a desenvolver portfólios mais personalizados.


TAGS : artigo , blog , sidneycohen , negocios , personalização , moda , turismo