REALIZAÇÃO:Bit Partner | DIREÇÃO:Sidney Cohen

O Poder da SUPERAÇÃO

Andrea Schwarz - iigual Inclusão e Diversidade

Estamos diante da pandemia, um momento delicado, sem precedentes e que exige o máximo de atenção de todos. Mais do que isso, um esforço de alto impacto que deixará cicatrizes e para muitos remeterá o momento de superação.

Superação é palavra-chave para pessoas que são exemplos para muitos de nós. O PME NEWS dedica essa edição a uma dessas pessoas, Andrea Schwarz. Mulher batalhadora, empresária de sucesso, referência em sua área e grande influenciadora nas redes sociais. Conheça sua história, na entrevista que ela nos concedeu. Ela cita quando se tornou cadeirante da noite para o dia e como a superação influenciou em sua carreira vitoriosa e que proporciona hoje a inclusão de mais de 18 mil pessoas com deficiência ao mercado de trabalho. Confira!

Bastidores

  • Segundo a pesquisa “Perspectivas do desenvolvimento econômico chinês pós-Covid-19 e impactos para a economia brasileira”, divulgado pela Inovasia Consulting em abril, a recuperação chinesa deve beneficiar os negócios com o Brasil nas áreas do agronegócio e da mineração, já a indústria poderá sofrer com a falta de peças.

A retomada de 11 mil obras de infraestrutura realizadas pela China proporcionará uma demanda por minério de ferro, carne e soja brasileira. Por outro lado, as fábricas chinesas de componentes de motos, carros e eletrônicos vão aguardar um pouco e isso pode afetar o abastecimento de peças para os polos brasileiros.

  • As fintechs preveem triplicar crédito e oferecer R$ 10 bilhões a pequenas empresas, público-alvo que o governo quer atender e já vê nas startups financeiras potenciais parceiras nesse apoio, devido à pandemia, o que antes era exclusivo aos bancos tradicionais. O Banco Central, por exemplo, já anunciou regra que permite as fintechs ser agentes repassadores de recursos do BNDES.

As fintechs totalizam hoje mais de 700 empresas e segundo a ABCD (Associação Brasileira do Crédito Digital), mais de um terço poderia atuar como agente de crédito. Em 2019 elas proporcionaram R$ 3 bilhões em empréstimos.

  • Mesmo diante da pandemia, o Brasil deve colher safra recorde de grãos em 2020. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o país deverá colher até junho 251,8 milhões de toneladas de grãos como soja, milho, arroz, feijão e trigo. A soja e o milho destacam-se com  previsão de produção recorde, respectivamente 122,1 milhões e 101,9 milhões de toneladas.

Novos Desafios

  • Ilmo Leão é o novo Business Partner da Renata Nigri Educação Transformadora.

Dados Impressionantes

  • A pesquisa nacional feita pela Ebit/Nielsen, entre os dias 19 e 25 de março mostrou o crescimento de 96%, no varejo de autosserviços (supermercados), assim como o comércio digital, que subiu 13% (a participação do mercado no setor foi de 4% a 7%). O tempo médio de entrega da categoria de alimentos e bebidas aumentou em 4 vezes de uma semana para a outra. Esse dado remete a preocupação quanto ao delivery. O mercado não estava preparado para atender a grande demanda. 

Uma das razões para a demora na entrega  deve-se ao fato das vendas digitais não serem a principal   fonte de renda das empresas, que representam de 1% a 5% do faturamento do setor.

Outra razão está associada ao fato de a maioria das empresas do setor utilizar centros de distribuição específicos para a compra online, em vez de usar a loja mais próxima para realizar a entrega. As grandes empresas, porém, estão começando a adotar esse modelo; boa parte em fase de implementação.

  • Segundo dados do Ministério da Economia, o país exportou 1.668 toneladas de peixes no primeiro trimestre, um aumento de 32,8%, comparado ao mesmo período do ano passado. Desse volume, a tilápia representa 83% do total e os estados do Mato Grosso do Sul (515t), Santa Catarina (341t) e Paraná (286t) seus maiores exportadores. Nossos principais clientes são os Estados Unidos e a China, que importaram respectivamente 321t e 284t.
  • De acordo com o estudo realizado pelo site de recrutamento e carreira, Glassdoor, há cargos estratégicos no país com grande oferta de empregos, muitos deles devido ao panorama vivenciado pela pandemia. A relação abaixo, apresentado pelo levantamento realizado em 6 de abril, pela plataforma, aponta os cargos em alta:
  • Médico: 12.514 vagas
  • Atendimento ao cliente: 9.815 vagas
  • Enfermeiro: 2.120 vagas
  • Técnico de enfermagem: 1.506 vagas
  • Auxiliar de logística: 1.192 vagas
  • Farmacêutico: 963 vagas
  • Operador de caixa de loja: 919 vagas
  • Estoquista: 844 vagas
  • Operador de telemarketing: 829 vagas
  • Auxiliar de enfermagem: 829 vagas
  • Analista de logística: 792 vagas
  • Assistente de logística: 533 vagas
  • Técnico de laboratório: 464 vagas
  • Líder de logística: 432 vagas
  • Operador de loja: 332 vagas
  • Supervisor de logística: 235 vagas
  • Entregador: 219 vagas
  • Repositor de mercadorias: 149 vagas
  • Psicólogo organizacional: 134 vagas
  • Motoboy: 128 vagas

 

Agenda

  • 30 de Junho - Novo prazo para os Microempreendedores Individuais (MEI) entregarem à Receita Federal a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI), referente ao ano de 2019.

Entrevista

Esta coluna é destinada a entrevistas com especialistas, gestores, executivos e empresários de destaque.

Segue a entrevista de Andrea Schwarz.

 

PME NEWS - Conte um pouco da sua superação pessoal e como isso influenciou para a sua carreira de sucesso.

Andrea Schwarz

Aos 22 anos me tornei cadeirante da noite para o dia. Nunca havia imaginado adquirir uma deficiência e minha vida até então havia sido tranquila, típica de uma menina de classe média alta com acesso a tudo o que precisava. Ninguém é ou está preparado para enfrentar esse tipo de situação, mas descobri em mim uma pessoa que não conhecia, no mais amplo sentido positivo. Encontrei uma grande força interna, uma inteligência emocional e adquiri uma visão mais aprofundada e ampliada da vida. Percebi que não era mais a mesma pessoa, mas não porque eu não podia mais andar, mas que era uma nova pessoa porque encontrei um propósito para a minha existência: trabalhar para um mundo mais inclusivo e com igualdade de oportunidades para todos.

 

PME NEWS - Esse momento que estamos atravessando com a pandemia, como é possível transformar a adversidade em oportunidades?

Andrea Schwarz

Assim como consegui encarar a cadeira de rodas por um ponto de vista positivo, é possível extrair aprendizados, oportunidades e possibilidades de evolução com a pandemia do covid-19.

Aprendi que em qualquer situação sempre há os dois lados e que mesmo assim eles se misturam, nada é uma simples dicotomia, só negativa ou positiva, mas a forma como encaramos as dificuldades é que será decisiva para impactar nossa vida para o bem ou para o mal.

Quando me tornei cadeirante, entendi que, assim como eu, milhões de pessoas estavam excluídas da sociedade pelo simples fato de possuírem uma deficiência e isso foi o ponto de partida para criar a iigual, consultoria que já ajudou mais de 18.000 pessoas com deficiência a conquistar um emprego no mercado formal de trabalho.

Agora com a pandemia temos uma oportunidade única de revermos nossos conceitos, valores e entendermos que podemos viver de uma forma mais simples, melhor e com mais respeito ao próximo. Afinal estamos todos conectados e somos interdependentes. Não faz sentido seguirmos naquela rota egoísta de cada um por si. O bem estar do outro é bom para mim.

 

PME NEWS - Qual a importância da diversidade e inclusão social nas empresas?

Andrea Schwarz

A importância é enorme por diversos motivos, mas citarei apenas alguns relacionados ao momento único que estamos vivendo em razão da pandemia. Como eu disse, percebemos que o mundo está mais conectado do que imaginávamos e que somos todos interdependentes. Então o nosso bem estar está diretamente relacionado com o bem estar do outro. A inclusão é a ferramenta que as empresas têm para diminuir as desigualdades sociais e permitir que mais pessoas possam fazer parte da sociedade. A inclusão cria um círculo virtuoso onde ninguém perde, todos ganham, não apenas as pessoas excluídas, mas a empresa, seus colaboradores e a sociedade.

Nessa pandemia nunca tivemos tanta necessidade de nos reinventar enquanto humanos, empresas, governos ou sociedade. É urgente descobrir novas formas de fazer as mesmas coisas e quanto mais diversa e inclusiva for a empresa, melhor ela está posicionada para essa nova fase que estamos vivendo, já que sua visão é ampliada por seus diferentes colaboradores. Uma empresa que possui um perfil homogêneo entre seus colaboradores tem a tendência de ter sua visão mais limitada do cenário.

 

PME NEWS - Que ações têm sido feitas e que podem ser sugeridas para que as empresas e entidades públicas promovam a inclusão maior de pessoas com adversidades nas empresas?

Andrea Schwarz

Acredito muito no poder da representatividade para mudar de fato a realidade de inclusão dentro das empresas e na sociedade como um todo. Na iigual trabalhamos com recrutamento e seleção de pessoas com deficiência, que é a principal ferramenta para ampliar a representatividade nas organizações, mas também com ações culturais como palestras, treinamentos e talks porque sem uma mudança cultural não é possível realizar um programa de inclusão.

Hoje ainda temos uma realidade de inclusão de pessoas com deficiência nas empresas que estão mais para Programas de Contratação do que de inclusão porque concentram seus esforços no cumprimento da cota.

Poucas empresas preocupam-se em oferecer igualdade de oportunidades para pessoas com deficiência e outros grupos minorizados como pessoas negras, LGBT+, mulheres ou maduros.

Para isso é importante estruturar ações além de recrutamento e seleção, como conhecimento da realidade demográfica da empresa, diagnóstico sobre o grau de inclusão, acessibilidade física e tecnológica, comunicação, pesquisas, além de palestras, treinamento, talks e muita informação e acompanhamento de todo o processo.

A iigual ajuda as empresas a definirem todo o plano de ação para estruturar um programa de inclusão de acordo com a realidade e necessidade da empresa e realiza cada uma das ações para que a empresa se torne um ambiente de trabalho inclusivo, que valoriza as diferenças e oferece igualdade de oportunidades.

 

PME NEWS - Devido à pandemia haverá um maior número de desempregados, inclusive com o perfil de candidatos atendidos pela IIGUAL. Que ações vocês estão tomando para atender essa demanda?

Andrea Schwarz

Estamos de fato preocupados com as sequelas da pandemia além da questão mais evidente no campo da saúde.

Muitas demissões já estão em andamento apesar de todo esforço do governo em tentar oferecer algumas medidas para conter esse processo, mas, infelizmente, creio que será inevitável uma grande quantidade de pessoas perdendo seus empregos.

Nesse processo de demissões em massa há uma grande chance de que as pessoas com deficiência sejam mais afetadas e isso é muito preocupante, pois já são pessoas bem mais vulneráveis e que estão em grande parte ocupando posições mais operacionais e menos estratégicas nas empresas.

Da nossa parte estamos atentos a todo esse movimento, conversando com muitos atores importantes desse processo e produzindo bastante informação sobre o tema, além de alertas para que as empresas não escolham os mais frágeis para serem demitidos.

É uma situação bastante delicada e que exigirá um esforço conjunto de toda a sociedade.

 

PME NEWS - Que dicas você dá para as pessoas superarem os obstáculos na vida pessoal e profissional?

Andrea Schwarz

Não existe problema sem solução. Esse é um dos principais mantras da minha vida. Depois que me tornei cadeirante e a partir daí fundei a iigual percebi que tudo é possível.

Costumamos reclamar muito de pequenos problemas e acabamos não conseguindo enxergar o todo. É importante ter a capacidade de desfocar daquele determinado obstáculo e tentar entender que aquilo não é o principal.

Outra questão primordial é entender que sempre há uma razão por trás de tudo o que passamos e a minha história também confirma isso.

Quando fiquei na cadeira era impossível saber que encontraria nessa situação o meu propósito de vida e que seria capaz de ajudar milhares de pessoas com deficiência a conquistarem seu emprego, mas anos depois descobri que esse era o meu destino. Estava escrito.

Mas para enxergar a oportunidade no meio da adversidade é necessário um olhar leve e positivo sobre a situação.

Não é fácil, sempre haverá dias difíceis, mas se você entender que há uma solução para o problema que você está enfrentando, que além da solução há uma razão e que talvez até uma ou mais oportunidades, será mais fácil ter serenidade para encarar de frente e com positividade qualquer obstáculo.

 

Pense Nisso

“A forma como encaramos as dificuldades

é que será decisiva para impactar nossa vida

 para o bem ou para o mal”.

 

Andrea Schwarz

 

Seja bem-vindo. Cadastre-se ou faça o login para ter acesso a todas edições.

Assinante, faça seu login abaixo: