Renato Meirelles Instituto de Pesquisa Locomotiva

Foto: Divulgação Site da Locomotiva.

Entrevista concedida recentemente pelo CEO do Instituto de Pesquisa Locomotiva, Renato Meirelles, ao PME NEWS.

PME NEWS - Quais as principais razões que transformaram o mercado single em um grande modelo de negócio?

Renato Meirelles

Atualmente, mais de 8 milhões de brasileiros moram sozinhos e movimentam quase R$ 104 bilhões, por ano. Pode parecer ainda uma minoria, mas a massa de renda dos brasileiros que moram sozinhos não é nada desprezível, uma vez que eles compõem renda mais alta do que o PIB de muitos países. A quantidade de brasileiros que moram só é o equivalente à população de países como Suíça ou Áustria.

 

PME NEWS - Qual o perfil do público que mora sozinho e que movimenta tanto dinheiro?

Renato Meirelles

Temos muitos jovens que moram sozinhos e que foram buscar independência e liberdade. Antigamente, as pessoas saíam da casa dos pais quando iam se casar. Hoje, não. Aliás, já faz alguns anos que esse comportamento existe. Temos também muitos divorciados, idosos e viúvos neste grupo. Fizemos recentemente uma pesquisa que traça o perfil do brasileiro que mora sozinho e descobrimos que 7% das pessoas optaram por morar só, mesmo casadas. Se por um lado temos idosos, pessoas divorciadas ou viúvas, por outro lado temos brasileiros que, apesar de buscarem independência e liberdade, casam-se ou passam a morar com outra pessoa cada vez mais tarde.

 

PME NEWS - Quais setores do mercado que mais atraem esse perfil de consumidor? Que fatores contribuem para isso?

Renato Meirelles

O segmento de produtos e serviços voltados ao mercado single é extremamente atrativo e precisa trazer comodidade a esse público. Cada vez mais a indústria alimentícia, por exemplo, oferece pacotes individuais de comida congelada, verduras, frutas separadas em porções menores e produtos pré-prontos.

Além da indústria alimentícia, outros setores da economia precisaram adaptar-se para essa tendência que só apresenta crescimento no decorrer dos últimos anos. O mercado imobiliário, por exemplo, aposta fortemente nos consumidores que moram sozinhos. Não é à toa que as grandes incorporadoras estão investindo em imóveis menores e compactos e apostando em diferenciais que podem ir desde um condomínio-clube até serviços para os pets e delivery de serviços. 

 

PME NEWS - Especialistas apontam que, apesar de o mercado estar aquecido para as pessoas que moram sozinhas, o endividamento é maior para esse perfil. Quais são as principais causas para esse fato?

Renato Meirelles

Pesquisas mostram que as pessoas que moram sozinhas extrapolam mais facilmente o orçamento e têm muito mais dificuldade para controlar os gastos. Isso acontece porque são poucas pessoas que fazem planejamento financeiro para controlar efetivamente as despesas e gastam sem fazer qualquer tipo de reserva para imprevistos.

 

PME NEWS - Qual mensagem que você daria ao pequeno empresário que está abrindo um negócio para atender o segmento single?

Renato Meirelles

As oportunidades existem e o segmento single tem muito espaço para ser explorado. Os empresários precisam desenvolver produtos e serviços que atendam as necessidades desse público, que busca praticidade e autonomia, e oferecer soluções práticas para o dia a dia. 

 

veja também