Postado por: Sidney Cohen

Espaço alternativo

Uma opção empreendedora.


Sidney Cohen
Palestrante.
CEO da Bit Partner Consultoria Empresarial.
CEO do PME NEWS.

Tenho participado de alguns eventos em universidades e percebo a presença de papelarias, lanchonetes e lojas, grande parte com bandeiras de franquias. O que demonstra que a expansão de um negócio, não se restringe aos pontos tradicionais, como shopping centers e ruas movimentadas, mas a espaços alternativos, como neste caso, das universidades e demais descritos a seguir:

Aeroporto

Abrir um negócio no aeroporto é caro, mas a probabilidade de retorno é alta. Especialistas apontam que abrir uma loja em aeroporto pode custar o dobro se comparados a shopping centers, mas o valor médio dos produtos comercializados é mais alto e acaba valendo a pena.

Rodoviária

Os investimentos aplicados em estabelecimentos localizados nos terminais rodoviários também compensam, pelo mesmo motivo dos aeroportos. São milhares de pessoas que circulam. Somente no terminal do Tietê, em São Paulo, 100 mil pessoas circulam diariamente.

Metrô

O Metrô disponibiliza informações baseadas em pesquisas que variam da quantidade ao perfil e hábitos dos passageiros por estação. Contribuindo aos quiosques e lojas na escolha pelo melhor ponto.

Postos de Gasolina

Além da loja de conveniência, os postos de gasolina “abriram as suas portas” para outras unidades de negócio, tais como: farmácia, lavanderia e até mesmo barbearia.

Hospitais

Tradicionalmente as cantinas são presenças constantes nos hospitais, porém é possível encontrarmos algumas franquias, como Rei do Mate, Casa do Pão de Queijo, Cacau Show, dentre outras. O ponto é estratégico pela baixa concorrência.

Pense nisso: “A segunda opção pode ser a solução”.

 

 


TAGS : franquia , ponto comercial , empreender , espaço alternativo , Sidney Cohen